Pesquisar este blog

Carregando...

quinta-feira, 29 de outubro de 2009

Obra: Fundação da Cidade de São Paulo

Fundação da Cidade de São Paulo (1909).
De Oscar Pereira da Silva.
Acervo do museu paulista da USP.
Óleo sobre a tela.
O pintor procura deixar o centro do quadro,
onde ocorre a ação principal, em maior evidência.


Escrito por Samuel.

Quadro: Desembarque de Cabral em Porto Seguro

Desembarque de Cabral em Porto Seguro Obra de Oscar Pereira da Silva, 1922.Óleo sobre tela 190 X 333 cm Museu Paulista de São PauloNa tela observamos a descrição de um fato histórico - a chegada dos portugueses em 1500 e a posse do território. É o momento de (des)encontro entre dois povos - portugueses e nativos, dois mundos diferentes.O nativo ou o índio é mostrado eufórico, vibrando pela chegado das naus. No entanto, trata-se de expressões artísticas, pois sabemos pela carta de Pero Vaz de Caminha que os primeiro contatos foram amistosos, e não eufóricos. Nos navios homens com armaduras e armados, com Cabral ao centro da tela.
As bandeiras e flâmulas tremulam ao suave vento do sul da Bahia.

Oscar Pereira da Silva (São Fidélis, 29 de agosto de 1865 ou 1867 — São Paulo, 17 de janeiro de 1939) foi um pintor, desenhista, decorador e professor brasileiro da passagem do século XIX para o século XX.

quarta-feira, 28 de outubro de 2009

Mais fotos do grupo

Mais fotos:











Foto do Grupo no Museu



A foto acima mostra os integrantes do grupo na frente do museu ( esq. para dir. Larissa, Bruno, Ueslei, Samuel, Vinicius Tavares, Rodrigo e Victor).

Na foto não há todos os integrantes pois não poderam ir por motivos maiores.


Obra Mais Importante do Museu

INDEPENDÊNCIA OU MORTE" ou "O Grito do Ipiranga" de Pedro Américo (óleo sobre tela, 1888).
O quadro feito em 1888, atualmente no salão nobre do Museu Paulista da USP, é a principal obra do museu e a mais divulgada de Pedro Américo.
O nome original dessa tela é "Independência ou Morte" mas ficou conhecida como "O Grito do Ipiranga".
A tela mede 7,60 x 4,15 m, tratando-se de uma tela retangular que representa a cena de Dom Pedro I proclamando a independência do Brasil. Na tela também aparecem:
à direita e à frente do grupo principal, em semicírculo, estão os cavaleiros da comitiva;
à esquerda, e em oposição aos cavaleiros, está um longo carro de boi guiado por um homem do campo que olha a cena curiosamente.
Essa obra foi encomendada pelo governo imperial e pela comissão de construção do monumento do Ipiranga, antes que o Museu do Ipiranga existisse, e foi completado em Florença em 1888.O artista se preocupava em estudar todos os detalhes de seus quadros, como roupas, armas e os tipo físicos das pessoas. Para a produção deste quadro, ele se dirigia freqüentemente ao bairro do Ipiranga para conhecer-lhe a luz, a topografia e outros aspectos.

terça-feira, 27 de outubro de 2009

Fachada do Museu Paulista


A imagem acima mostra a frente do Museu Paulista (mais conhecido como "Museu Ipiranga") e foi tirada do dia em que o grupo fez a visita ao museu.